home | parceiros | notícias | vídeos | quero visitar | contato "Construir a cidade de Deus na cidade dos homens"
Escola Maria Peregrina
(17) 3236-5566 (17) 3236-5566
Facebook YouTube Blog dos Projetos
Atividades
     
Circo e Banda
 

Circo Escola Maria Peregrina

O que é o Circo Escola Maria Peregrina (CEMP)?
O CEMP é um show musical que se apóia no teatro mítico, na arte circense, na dança teatral-folclórica, no conto, na poesia, no cordel, para revelar o Evangelho de Jesus Cristo misteriosamente presente nas obras clássicas e na cultura de um povo. O Circo Escola Maria Peregrina é um espetáculo de releitura do mundo literário, com ênfase à cultura brasileira, pelas múltiplas facetas das artes. O Circo Maria Peregrina é assim denominado pela dinâmica que o circo tem. Essa dinâmica possibilita a junção harmoniosa das artes, num entrelaçamento que chega a um objetivo por meio do fantástico e do lúdico. Portanto, a palavra "circo" conota a harmonização perfeita das artes num só espetáculo. Por assim dizer, o Circo Maria Peregrina não é composto somente da arte circense. O Circo Maria Peregrina denomina "escola", porque é uma aula-show de cultura, visando a formação e integração familiar.

Objetivo:
O objetivo maior do Circo Escola Maria Peregrina é a formação e integração familiar. O Circo Maria Peregrina, embora repleto da arte lúdica, foi arquitetado para atingir todas as idades, porque seu público alvo é a família. O Circo não promove apresentações artísticas sem fundamento formativo. Há, contudo, um foco principal que é a desconstrução da estrutura familiar. Essa formação tem base na ética comunitária e no resgate dos valores humanos tão necessários à boa convivência.

Estrutura:
O Circo Escola Maria Peregrina tem duração de aproximadamente duas horas de apresentação. Para isso, é necessário o mínimo de estrutura técnica para uma boa apresentação como: um palco de aproximadamente vinte metros quadrados, som e iluminação compatíveis e um camarim.

O Circo conta com múltiplos profissionais: bailarinos, dramaturgos, músicos, artistas plásticos, literários, apresentadores (oradores), comediantes, psicólogos, pedagogos, professores de línguas estrangeiras, técnicos de som e luz, decoradores, estilistas e historiadores.

A estrutura do CEMP é uma junção de várias estruturas artísticas, porém há uma estrutura básica que é a de um show musical. Portanto, a partir do show musical as outras artes serão identificadas. Como o teatro que será apresentado em torno do show. Assim será a dança, a poesia, o conto etc. O show musical é o centro e as outras expressões artísticas gravitam em torno do show.

Para dar uma maior clareza desta estrutura ocorrerá assim: a disposição da banda será fixa, mesmo porque o show acontecerá seqüencialmente e com a mesma dinâmica; o teatro ocupará o espaço entre as músicas, por isso, o teatro será breve e terá a função de dizer a canção antes ou depois de tocada; o conto será declamado por alguns personagens caracterizados dentro do show, assim será a poesia.
A dança deverá ser a performance dos músicos da banda junto com os artistas, contudo não deverá ser uma dança formal, mas performática e teatral; a cultura circense entrará no meio das músicas.

Proposta Fundamental Circo Escola Maria Peregrina:
A proposta fundamental do Circo Escola Maria Peregrina (CEMP) é transformar o ser humano pela experiência do Evangelho de Jesus Cristo descoberto nas obras clássicas e na cultura de um povo.

Isso nada mais é que uma experiência de crescimento interior para a socialização com o meio. A arte é um instrumento de viabilização deste crescimento. A referência básica da transformação do ser humano no CEMP é a Pessoa de Jesus Cristo. Muito embora o CEMP não provoca e nem promove o proselitismo e nem faz acepção religiosa ou não-religiosa.

No mundo de hoje toda sociedade, principalmente ocidental, tem em sua base ética a imagem clara do Evangelho de Jesus Cristo, mesmo que tal sociedade não siga o Cristo propriamente dito. Esse enraizamento do Evangelho na sociedade ocidental primeiramente se deu pela perfeita doutrina ética e caritativa de Jesus. Um outro motivo desta cristificação da sociedade foi o longo período da cristandade em boa parte do mundo, especificamente na Europa. A filosofia, mesmo atéia, comprova a singular eficácia da ética de Jesus Cristo, uma vez que nenhuma civilização adquiriu um completo e seguro código de boa convivência como o cristianismo. Ai está o fator principal da arte: promover o ser humano. Cristo foi o maior e mais completo promotor do homem; pela sua morte promoveu o homem na sua maior dignidade: ser filho de Deus.

Portanto, na maioria das obras filosóficas, literárias e poéticas está inserido a semente da proposta de Jesus. Mesmo as obras literárias e os pensamentos filosóficos dos antigos gregos ou outros que antecederam o evento Cristo. Na verdade, Cristo veio para fazer nova todas as coisas, ou seja, completar aquilo que já era, mas precisava ainda ser. Assim, muitas obras culturais têm os traços do Evangelho, porém nem todas completas, mas a - completar. É dentro dessa dimensão do "a-completar" que o CEMP exerce sua missão.

O CEMP exerce tal missão dando à obra artística o formato crístico implícito ou explícito, sem contudo deformar, mas cumprindo. O CEMP cumpri o que não foi totalmente cumprido; dá razão ao que era fálico; não revela, mas faz experimentar o mistério; conduz além, não com asas fantásticas, mas com asas de águia; renova o que era velho e desperta a natureza morta. Ou seja, o CEMP ilumina e convoca a cristificação pré-existente na arte profana. O CEMP cristifica o contexto pela arte profana, sem jamais agredi-la.

Sobre a arte sacra o CEMP tem o objetivo de dar um maior vislumbre artístico e profissional. Toma-se, por exemplo, uma obra sheikesperiana. Tal obra será contada sem agressão ao seu original, porém com formato implícito ou explícito nos ares do Evangelho. Pode ser lembrado o que o apóstolo Paulo fez na Grécia antiga, livro dos Atos dos Apóstolos, quando deu completude na vaga fileira do deus desconhecido do areópago, sem contudo agredir nada.

Proposta Política:
Para fazer acontecer a Proposta Fundamental o CEMP tem um modo não-instrumental, mas existencial que é a Proposta Política. O modo instrumental faz parte da dimensão visível que seria a arte, mas há o transcendente-humanístico que é gerador de tudo no CEMP, sem isso tudo é falível. Essa dimensão transcendental-humana é a Proposta Política.

A Proposta Política tem um corpo dividido em: Alteridade: sadia convivência e amor incondicional; Liberdade: autonomia (conceito dogmático e disciplinar como fonte da liberdade);

Criatividade: pensamento criativo fazendo nova todas as coisas; e o Transcedente-metafísico: cristianismo, ecologia e dimensão pneumática (pentecostalidade), essa proposta política é a experiência do divino que o CEMP se baseia na teologia pneumática.

A alteridade é a relação eqüitativa das pessoas. Daqui se destaca a sadia convivência e o amor incondicional. A alteridade é regra de convivência primária entre os componentes do CEMP.


Banda Maria Peregrina

A Banda Maria Peregrina nasceu em 1995 com o nome de Maranata 2000, sob a liderança do fundador Max Lopes Wada.

Porém, a formação que estabeleceu o nome de Maria Peregrina veio em 1998. Foi a partir daí que a banda cresceu em shows e evangelização.

Em 2004 a banda Maria Peregrina grava seu CD, "São Coisas de Deus", num show ao vivo com o cantor Dunga da Canção Nova. Este show aconteceu na cidade de Rio Claro-SP.

Hoje a banda Maria Peregrina toca nas Formações do Coração, nos Domingos da Vida, nos Bailes Sara e Tobias e no Circo Escola Maria Peregrina.

 
Compartilhe na rede:
 
Atividades
Projetos de Pesquisa
Blog dos Projetos
Assembléia
Sarau
Meio Ambiente
Oficinas Culturais
Oficinas Esportivas
Circo e Banda

Canal no YouTube
 
 
Mantenedora
Histórico
Estrutura Jurídica
Comunidade de Vida
Evangelização
  A Escola
Apresentação
Projeto Pedagógico
Forma de Ingresso
Família
Espaço Físico
  Atividades
Projetos de Pesquisa
Blog das Crianças
Assembléia
Sarau
Circo e Banda
  Como Ajudar?
Doações pela Internet
Investidor
Adotador
Nota Fiscal Paulista
Contas bancárias
  Eventos
Agenda
Eventos realizados
Parceiros
Notícias
Vídeos
Contato
Quero Visitar
 
Escola Maria Peregrina
Rua Francisco Rodrigues de Freitas, 184
Jd. Belo Horizonte | São José do Rio Preto-SP
(17) 3021-2652 (17) 3236-5566
2017 © Todos os direitos reservados
Desenvolvido por AddSite